O responsável pela implementação e cumprimento dos incisos I a VII do Art. 12 da ICVM 483 (que dispõe sobre a atividade de analista de valores mobiliários) é Luiz Henrique Mielke Wickert. Ele pode ser contatado pelo telefone (51) 3327-9852 ou pelo e-mail luiz@solidus.com.br.



Camil Alimentos S.A.



Relatório de empresas

Gerdau

Período

HTML

PDF

2012 1º Trimestre

2011 3º Trimestre

2010 2º Trimestre

2010 1º Trimestre

2009 4º Trimestre

2009 3º Trimestre

2009 2º Trimestre

2009 1º Trimestre

2008 4º Trimestre

Página anterior



Notícias relacionadas

A Gerdau Ameristeel Corporation, subsidiária da companhia brasileira nos Estados Unidos, anunciou a compra da Sheffield Steel Corporation, localizada em Sand Springs, Oklahoma (EUA), por US$ 76 milhões. A operação engloba ainda uma dívida líquida e alguns passivos de longo prazo de proximadamente US$ 94 milhões. De acordo com a Gerdau, a Sheffield Steel é uma mini-mill produtora de aços longos, principalmente vergalhões e barras, com vendas anuais de aproximadamente 550 mil toneladas de produtos acabados. A Sheffield opera uma aciaria e uma laminadora em Sand Springs, uma laminadora menor em Joliet, Illinois, e três unidades de transformação em Kansas City e Sand Springs.



 

A Gerdau captou US$ 600 milhões com a emissão de bônus perpétuos. A taxa é de 8,875% ao ano. A operação foi liderada pelo HSBC e o Citigroup. A empresa tem a opção de resgatar os títulos pelo valor de face a partir de 22 de setembro de 2010. Segundo a companhia, a demanda pelos bônus superou US$ 3,5 bilhões. Por isso a Gerdau decidiu ampliar o volume da captação, previsto inicialmente para US$ 300 milhões. Do total emitido, 46% ficou com investidores da Ásia, 32% da Europa, 20% dos EUA e 2% do Brasil. Conforme a companhia, a maioria dos compradores foi composta por private banking e pessoas físicas.



 

A Gerdau Ameristeel suspendeu suas operações na usina de Beaumont, no Texas. A razão foi a falta de um acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos da América (USWA) para a renovação do contrato coletivo de trabalho dos 269 funcionários sindicalizados. A decisão foi tomada para provocar uma 'reação favorável' do sindicato 'em relação à derradeira, melhor e final', proposta apresentada pela empresa ao comitê negociador da entidade no dia 9 deste mês, informou o conglomerado por meio de um comunicado. O vice-presidente de recursos humanos da empresa, James Rogers, disse que atitude semelhante já havia sido adotada pelo menos uma vez 'há vários anos' no Canadá.