Acesse o sistema de Ouvidoria e Denúncia da Solidus clicando aqui


Lições para vencer na Bolsa

O relatório de investimentos da United & Babson é uma das newsletters mais respeitadas disponíveis no mercado. A própria Dick Davis Digest ficou impressionada com o conteúdo de uma reportagem entitulada "15 regras para um investimento bem sucedido". De acordo com os editores, essa lista foi enviada por um assinante muitos anos atrás. Mas o assunto continua atual. A revista adicionou alguns pensamentos e está passando adiante a crença de que qualquer um pode lucrar com estes conselhos. Aqui vão alguns highlights da lista de regras para o sucesso:

Seja paciente.
Aqueles que estão dispostos a enriquecer vagarosamente geralmente conseguem os melhores resultados no longo prazo. Nunca existiu um investidor de sucesso que não tivesse uma grande dose de paciência. O seu objetivo não deve ser comprar ações para obter um lucro rápido, mas sim garimpar papéis capazes de dobrar ou triplicar de preço no longo prazo. O processo de investimento é como uma viagem de carro. As condições de tráfico variam pelo caminho, e você não deve esperar viajar sempre em alta velocidade.

Não fique pulando de galho em galho.
Esta é a prática de muitos novatos. Eles compram na segunda, vendem na terça e compram de novo na quarta de tarde. Estão sempre trocando de uma ação para outra, conseguindo um pequeno lucro aqui, outro ali. Qualquer indivíduo experiente vai perceber a futilidade deste tipo de coisa. Isso pode ser muito custoso, não somente em corretagem e impostos, como também em oportunidades perdidas. Geralmente as ações vendidas não tinham acabado sua trajetória de crescimento, enquanto que os papéis comprados já haviam sofrido um alta substancial.

Não fique muito preocupado com oscilações de preços.
As mudanças de preços são às vezes instigantes. Elas podem fazê-lo sentir-se muito rico ou pobre temporariamente. Mas os benefícios reais e duradouros são, em sua maioria, provenientes de dividendos e de um crescimento consistente de uma companhia ao longo de anos. Aqueles que pensam que são espertos o bastante para adivinhar os movimentos de curto prazo do mercado geralmente acabam com os bolsos vazios.

Tenha certeza de que o preço é razoável.
O que você compra é importante, mas o que você paga por isso é ainda mais importante. Para ter noções do valor que se está pagando, olhe os máximos e mínimos da ação nos últimos anos. Compare seu P/L com outras ações do segmento e com o mercado em geral. Compare valores e preços como se estivesse comprando uma casa ou carro. Baseie suas decisões em fundamentos ao invés de otimismo.

Cuidado com dividendos elevados demais.
Procurar somente altos dividendos pode dar resultado somente no curto prazo. Dividend yields muito elevados por vários anos consecutivos podem significar falta de perspectiva para a empresa, que não tem mais onde investir para o crescimento de seu próprio negócio. Portanto, pode ser um sinal de advertência. O melhor de tudo é comprar ações nas quais há perspectiva de crescimento dos dividendos. Assim você vai ganhar 2 vezes: com uma boa receita dos dividendos e com a alta de suas ações.

Tome cuidado com promoções de preço no mercado.
Muitas pessoas parecem mais felizes tendo 1000 ações de US$ 1,00 do que 10 ações a US$ 100,00. O preço em si não é a indicação do real valor. Muitas ações cotadas US$ 100,00 são baratíssimas e valem sua compra. Por outro lado, ações por US$ 0,10 podem ser extremamente caras. É a consistência e o poder de retorno de cada ação que contam.

Não seja tão insistente com os "líderes".
Freqüentemente podem ser encontradas melhores opções de investimento em papéis menos visados e populares. Muitos fundos e grandes investidores têm que se ater às "blue chips", mas como um investidor individual, não existe essa necessidade. Você pode procurar e comprar os melhores investimentos sem se importar muito com a liquidez. Muitos investidores pagam preços muito altos em algumas blue chips.

Revise sua lista regularmente.
Ao menos uma vez por ano, encontre um ponto de venda para um papel que tenha um fraco desempenho. Esse processo de constantemente se livrar do peso morto vai fortificar sua carteira. Ações que se comportam bem devem ser mantidas a fim de empilhar ganhos. A tendência de muitos investidores sem experiência é de vender as ações que tiveram ganhos e manter aquelas que tiveram perdas, o que seria o mesmo que eliminar as bons ativos e repetir os erros anteriores.

Se você cometeu um erro, encare-o de frente.
Não seja orgulhoso. Prontifique-se em cortar suas perdas antes que elas se tornem grandes prejuízos. Quando um investimento se comportou de forma contrária às suas expectativas, pare, olhe e escute. Provavelmente, você errou na sua análise fundamentalista. Se não existirem perspectivas imediatas de melhora, esqueça qual foi o valor pago e procure um substituto mais promissor. A mudança para papéis mais bem situados trazem grandes oportunidades de transformar perdas em ganhos.

Guarde uma reserva financeira para um "boom".
Isso diminuirá seus riscos, pois atuará como um absorvedor de impactos na queda. E isso ainda reservará uma fonte de poder de barganha mais adiante. Temos uma visão muito cética a respeito da máxima "o mercado só tem uma direção e é para cima!" que domina o mercado. É bom manter algo para hedge em alguma eventualidade. Isso reduz o ganho geral da carteira, mas funciona como um seguro.

Não existe nada do tipo "comprar uma ação, trancá-la em um cofre e esquecê-la".
Mesmo que esteja apresentando um rendimento favorável, nunca perca de vista nenhum investimento no qual você tenha dinheiro. Indústrias tem a tendência de "azedar" - as vezes com muita rapidez. Isso incrementa ainda mais um fato: Manter dinheiro investido com sucesso é coisa para poucos. Contudo, se você pretende trabalhar com isso, as recompensas podem ser extremamente gratificantes.

Em um estudo similar, o The Primary Trend recentemente reeditou uma lista com "Dez maneiras de se perder dinheiro em Wall Street". A lista foi primeiramente publicada em "Tape Reading and Market Tatics", por Humphrey B. Neill. Aqui vão as dez maneiras:
Dez maneiras de como perder dinheiro em bolsa

1) Confie em boatos
2) Acredite em tudo o que você ouve, especialmente dicas quentíssimas
3) Se você não sabe - chute
4) Seja impaciente
5) Espere gananciosamente até o último centavo de lucro antes da venda
6) Opere com pequenas margens
7) Agarre-se às suas opiniões - certas ou erradas
8) Nunca fique fora do mercado
9) Conforme-se com lucros pequenos e grandes perdas

O livro de Neill foi publicado com as seguintes dedicações: "Eu dedico esse livro às minhas perdas com uma profunda apreciação pela experiência e conhecimento que cada uma me trouxe.". Portanto, nós adicionaremos uma regra: Aprenda com seus erros; será uma boa forma de se tornar um investidor de sucesso.

Dúvidas sobre algum termo ou expressão? Consulte nosso dicionário:

Procurar:

Topo


Página anterior

Indique esta página

Versão para impressão